sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Análise sumária do jogo U.D.Turquel 0X7 S.C.E.Bombarralense

A vitória simbolizou a nossa eficácia e o nosso dominio quase total na hora de jogo. O jogo começou com um ligeiro ascendente da equipa do Turquel que poderia ter marcado numa das primeiras jogadas do encontro, graças ao seu poderio físico na disputa das bolas dividas. A partir daí começámos a pressionar de um modo mais intenso e de forma mais constante a equipa adversária, que a jogar contra o vento sentiu muitas dificuldades para sair do seu meio-campo e criar perigo junto à nossa baliza. A nossa pressão no meio-campo adversário possibilitou ganhar muitas bolas em zonas perigosas. Aproveitando o vento a favor fomos arriscando no remate e foi com um grande golo que inaugurámos o marcador. Em seguida, chegámos aos 2-0 aproveitando uma bola vinda de um canto, dos muitos que tivémos a nosso favor na segunda parte. Fizemos o terceiro golo através de uma jogada individual de uma das nossas centrais que praticamente ultrapassou quase toda a equipa adversária em posse, e depois surgiu um ressalto que a nossa médio centro aproveitou da melhor forma. Na segunda parte a equipa adversária mudou de sistema de jogo, arriscando mais. Isso fez com que o jogo andasse meio "partido" na relação defesa-ataque. Pois, por um lado tivemos mais espaço para jogar e aproveitámos as oportunidades criadas, de um modo eficáz, para fazer mais quatro golos, mas por outro lado, podiamos ter sofrido golos em mais do que uma ocasiação porque a equipa adversária conseguiu criar situações de dois para dois e de três para dois. Já notei evolução no nosso jogo colectivo, mas ainda há um longo caminho a percorrer na evolução da equipa, em termos de aquisição dos processos do nosso modelo de jogo porque em jogos de maior exigência táctica-tecnica a qualidade individual das jogadoras não vai ser suficiente para chegarmos à vitória. Ainda assim, parabéns ao Bombarralense pelo espectáculo desportivo que concedeu ao público presente!

O treinador, Miguel Caetano

Sem comentários:

Publicar um comentário